Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2007

E AGORA...

Se eu não brinquei de bola?
Se eu não fui criança?
Se eu fui a esperança?
E agora?
Já se passaram as horas?
A vida nada melhora,
E eu não tenho vontade de ir embora?
E agora?
Se eu não tive infância?
Se eu não fui criança?
Se eu não cresci brincando?
Mas cresci amando?
Eu não brinquei,
mas sorri,
Soltar pipa eu não sei,
Mas amar eu aprendi.
E agora?
O que faço,
Tenho que ir embora,
E assim o destino eu mesmo traço...

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

MIGALHAS...

Eu só quero um pouco d'água,
E um pedaço de pão,
Eu só quero algo,
Pra acalmar meu coração,
Eu não quero mais ver,
O mundo ser a ilusão.

Eu só quero,
Algo pra comer,
Não quero mais,
A fome ver,
Eu quero que a vida,
Melhor possa ser.

Eu só quero um pouco d'água,
Apenas isto e nada mais,
Não ver mais ninguém,
Sem rumo e sem paz,
Não quero mais ver,
A vida andar pra trás.

Só quero um pedaço de pão,
Um pedacinho e só,
Eu quero mudar o mundo,
E ver a vida ser melhor,
Eu quero liberdade,
Eu quero que de mim tenham dó.

Eu quero amor, alegria,
Paz, saúde e esperança,
Eu quero ver o mundo inocente,
Quero voltar a ser criança,
Quero água, quero pão,
Quero aquilo que a gente não alcança.

Mas eu só quero um pouco d'água,
Quero água pra tomar,
Quero que todos,
Aprendam a amar,
Quero o que todos querem,
Quero ver o mundo mudar.

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

NUNCA MAIS...

Eu não vou acreditar,
Que tudo pode ser melhor,
Eu não vou chorar,
Quando eu estiver só.

Acreditei em tudo e nada,
Acreditei em amor,
Mas a vida é desgraçada,
E a gente sofre grande dor.

Como posso caminhar na rua?
Não sei como sonhos de novo ter,
A saudade está nua,
Como posso assim viver?

Eu via pássaros e flores,
Eu via uma gota de esperança,
Eu perdi tudo, até meus amores,
Eu queria voltar a ser criança.

Eu queria ir embora,
Eu queria ter alegria e paz,
Mas agora,
Nunca mais...

Autor: Oziel Soares
www.ozielpoeta.blogspot.com/