quarta-feira, 12 de março de 2008

ACREDITEI...

Acreditei,
Que a vida podia ser diferente,
Confesso até chorei,
E não quis mais seguir em frente.

Acreditei em papai Noel,
E em conto de fada,
Olhei pra beleza do céu,
Agora, não acredito mais em nada.

Acreditei em amor,
Mas só tive ilusão,
Queria o fim dessa dor,
Que aperta meu coração.

Não quero mais acreditar,
Nessa vida desgraçada,
Não quero mais amar,
Não quero mais nada.

Não quero mais saber,
Daquilo que deixei,
Não quero entender,
Por que quase nada sei,
Agora só sei dizer:
“- Um dia eu acreditei”.

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

3 comentários:

TV de LCD disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the TV de LCD, I hope you enjoy. The address is http://tv-lcd.blogspot.com. A hug.

socorro disse...

OZIEL, POR FAVOR MANDE-ME A POESIA TITULADA ATE QUANDO SE É CRIANÇA,POIS AO VER VOCE DECLAMNDO NA ULTIMA BIENAL ACHEI-A MUITO LINDA.

Anônimo disse...

Por que nao:)