segunda-feira, 18 de agosto de 2008

MEU PRIMEIRO AMOR

Um dia eu amei,
Alguém de verdade,
Mas num momento acordei,
E só havia em mim saudade.

Amei-la na infância,
Na minha inocência,
Eu ainda era criança,
Quando chorava com sua ausência.

Todos os dias eu pensava,
Naquele sorriso lindo,
As vezes nem acreditava,
Parecia que eu estava dormindo.

Eu amei-a tanto,
Como nunca amei ninguém,
Ela me fez viver em pranto,
Mas sempre lhe desejei o bem.

Eu era capaz,
De a vida por ela dar,
Agora já não dá mais,
O destino veio nos separar.
Queria poder retroceder,
E voltar ao meu passado,
Queria poder te ver,
Do jeito de quando eu era por ti apaixonado.

Lembro de cada dia,
De cada coisa que você fez,
Do beijo no meu rosto, que tanto me deu alegria,
Se eu pudesse viver tudo outra vez!

Perdoe-me por tudo,
Perdôo-lhe por nada,
A vida fez dar voltas o mundo,
Mas pra mim, serás, minha eterna amada...

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

Um comentário:

Anônimo disse...

SIMPLESMENTE PERFEITO.. :)