terça-feira, 2 de dezembro de 2008

PEGAR A CANETA E REESCREVER UMA NOVA HISTÓRIA...


(Com base em depoimentos de pessoas que sofreram com a tragédia em Santa Catarina)

Perdi minha mãe e meu pai,
Perdi meus filhos, eram três,
Vi como dez anos em dez minutos se vai,
Percebi como é difícil construir tudo outra vez.

Eu tinha dois filhos pequenos demais,
Minha mulher estava grávida de mais um,
De repente, a chuva levou tudo, também a paz,
Comigo agora, não tenho mais nenhum.

Só lembro que dormi,
E quando acordei não tinha nada,
Minha casa destruída vi,
Minhas lembranças na lama jogada.

Tenho apenas seis anos,
Para sofrer tanto assim,
Eu tinha sonhos, planos,
Mas rapidamente, vi chegar ao fim.

Eu queria meu aniversário,
Fazer oito anos e poder comemorar,
O destino veio como um adversário,
E minha alegria conseguiu tirar.

Santa Catarina foi devastada,
A chuva caiu feroz,
Casas, pertences, a vida acabada,
Podia ter sido com qualquer um de nós.

Mais uma vez sinto em meu peito,
Uma dor que corroe a minha alma,
A natureza fez-me ficar deste jeito,
Findou-se tudo até a minha calma.

É um povo que agora chora,
Por tudo que se perdeu,
Não só bens, mas pessoas foram embora,
Simplesmente, a terra comeu.

A vida, sim a vida,
É uma caixinha de surpresas,
Tem coisas boas ainda,
Mas tinha também sofrimento e tristezas.

É mais uma tragédia que me deixa triste,
Famílias estão no olho da rua
Mas esperança ainda existe,
E a vida? Ela continua...

A coisa está “preta”,
O que posso fazer agora?
-Vou pegar a caneta,
E reescrever uma nova história!...

Autor:Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/