segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

NOSSO ALIMENTO...


(É um protesto apenas)

Comemos o PÃO da MISÉRIA,
Bebemos o CAFÉ da ANGÚSTIA,
Tomamos a ÁGUA da DOR,
A nossa SOBREMESA é o  SOFRIMENTO.
Comemos o ARROZ da MORTE,
O FEIJÃO da FALTA DE ESPERANÇA,
A CARNE é a da CORRUPÇÃO,
A FARINHA é a da  FALTA DE ABRIGO,
Bebemos SUCO de CHORO,
REFRIGERANTE de DOENÇAS,
REFRESCO  de MÁGOAS,
O SORVETE da ILUSÃO.

Mastigamos a MISÉRIA, ANGÚSTIA,
A DOR, o SOFRIMENTO, a MORTE,
A FALTA DE ABRIGO, o CHORO, as DOENÇAS,
As MÁGOAS, a ILUSÃO,
Calados...

Estamos de boca cheia,
E é feio falar assim,
Nosso alimento é a fome!
Dá para viver assim?

Não quero verso, nem rima,
Com tudo que já falei acima,
A dor, minha e nossa, vai continuar ainda...

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

Nenhum comentário: