sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

A VIDA DELA ELE TIROU...


(Sobre o caso da Jovem Eloá que foi morta pelo seu ex-namorado)

Eloá é uma canção que não vou cantar,
É um riso que não quero rir,
É o medo que agora tenho de amar,
É a minha vontade de partir.

Ela é brilho que se perdeu,
A dor que no meu peito arde demais,
É um grito lançado quando ela morreu,
Pois seu futuro, agora não existe mais.

Eu tenho medo das pessoas,
Agora choro como uma criança,
A vida era tão bela e boa,
Hoje não tenho mais nenhuma esperança.

Eu quero fugir daqui,
Sair pra qualquer lugar,
Que motivo  tenho pra existir?
Não tenho motivo pra sonhar.

Tão jovem, tão menina,
E um dia no amor acreditou,
Mas a sua história assim termina,
A vida dela ele tirou...

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

Um comentário:

cristina disse...

"Ameii a poesia,ela tem uma verdade naum vista pelas pessoas "