sexta-feira, 11 de outubro de 2013

TÃO DIFERENTE...

Só hoje tive coragem de voltar,
Mas percebi que eu já não estava mais lá.
É tão difícil voltar e perceber,
O que foi um dia, o que foi você.
Doeu tanto olhar e não ver ninguém,
Embora aqueles dias nem me fizeram assim tão bem.
Quando vi o que vivi e o que sou agora,
Foi assim que entendi, por que foi tão fácil ir embora.
Agora sinto saudade, de toda aquela gente,
Embora eu me sinta assim, tão diferente.
O grito não saiu, o silêncio ecoou,
Quando a gente partiu, nem sequer chorou.
O que eu faria se voltasse atrás?
Melhor seria? Ou sofreria muito mais?
Diz-me se vale a pena, essa minha desilusão,
Ninguém sequer nem lembra! Foi tudo em vão?
Muitos anos parecem que já se passaram,
Sinto que nem um pouquinho vocês deixaram!
Foram-se assim, tão completos,
O que ficou de mim? Não fiz nada certo.
Estou aqui, como tantas outras vezes,
Continuo a sorrir, e já se passaram tantos meses,
Neste caminho o que leva é só saudade,
Confesso que me sinto tão sozinho, mas à procura da felicidade,
Perdão!  (bem baixinho) Para mim era tudo verdade...

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

SEI QUE POSSO CONTAR COM VOCÊ

(Para minha esposa linda, Tayra Furtado)

Acordar todos os dias,
E ver-te a toda hora,
Compartilhar alegrias,
Sem ter que ir embora,
Nas noites mais frias,
Abraça-me com demora.

Minha menina,
Que assim sempre será,
Tão imatura ainda,
Fez questão de me amar,
Por que a vida só se finda,
Quando se deixa de acreditar.

Tão cheia de defeitos,
E transborda qualidades,
Para quê ser desse jeito?
Se tudo já virou realidade?
E ai, nesse peito,
Sei que mora a felicidade.

Virão tantas noites escuras,
Caminhos difíceis a percorrer,
Mas se a vida nos é tão dura,
Sei que posso contar com você,
O espinho já me fura,
Não me tente entender.

Somos assim, tão diferentes,
E embora tão iguais,
Os defeitos da gente,
Findar-se-ão jamais,
Mas quando estais na minha frente,
O resto, já não existe mais...

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/
P.S.: Já passaram-se 8 dias do seu níver, era pra ter sido nele. Mas, vc sabe cm q tava nossa vida, um corre-corre. Te amo, e nada pd mudar isso...