domingo, 9 de fevereiro de 2014

E O TEMPO?

O dia está cada vez mais longo,
A noite cada vez mais curta,
E o ontem cada vez mais longe.
O futuro está chegando,
E o presente se torna um passado,
Tão distante que já nem me lembro mais.
Olhando daqui, da minha janela,
Aquela da qual sempre falei,
Ainda parece tudo tão igual.
Ainda choram,
Quebram a cara,
Mentem,
Roubam,
Traem,
Fogem,
Ficam,
Nascem,crescem e morrem...
Talvez o tempo seja o mesmo,
Penso que a gente é que mudou,
A nossa famigerada ânsia de mudar,
Mudou.
Todos vão, pouco a pouco.
O tempo? Não era só uma música:
"Não pára!"

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

Nenhum comentário: