sábado, 24 de setembro de 2016

ÀS VEZES SOMOS COMO CRIANÇAS...

Às vezes temos crise de infantilidade e nos cansamos do que somos e vivemos.
Às vezes somos infantis ao ponto de querer sumir, sem se importar com nossa ausência.
Às vezes somos como crianças que insistimos em correr até o perigo. Nos arriscamos e quebramos a cara.
Às vezes nossa pouca idade mental faz com que batamos o pé e não queiramos ouvir nada de ninguém.
Às vezes somos tão imaturos que brigamos para ter razão, embora saibamos que estamos errados.
Às vezes não crescemos, embora as horas já se passaram.
Às vezes a vida passa, mas ainda somos a mesma criança...

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

Um comentário:

Anônimo disse...

Achava que ser 'ainda criança", seria bom.
Porém, as vezes ser criança, seja apenas esconder da real realidade vivida.
Como sempre, Parabéns!