Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

AMANHÃ LEMBRAREI AINDA...(Àqueles que têm seus pais biológicos distantes)

Deus, hoje minha carta é tão dura,
Não quero pedir nada por mim,
E como ainda sou uma criança imatura,
Perdoe-me por ser tão sincero assim.

Hoje é dia dos pais,
Uma figura, nesse mundo, tão importante,
Escrevo não por aqueles que já não o têm mais,
Mas por aqueles que sempre o tiveram tão distante.

Eles precisaram dele um dia,
Mas ninguém estava lá,
Para proteger daquela agonia,
Só aquele vazio fez aumentar.

É que existem vazios,
Que nada pode preencher,
Ausências que nos tornam tão frios,
E nos destroem sem a gente perceber.

Alguns apenas nos geraram,
E onde estão eu já nem sei,
Alguns nunca nos ligaram,
"Até seu rosto, hoje quase não lembrei!"

"Como esqueceu a mim?"
"Eu que nada tive culpa?"
"Minha saudade nunca terá fim!"
"Como vencerei nessa vida tão maluca?"

"Eu já tive o abraço,
Embora agora nada é igual!"
"Ele não me viu dar o primeiro passo,
Nem saberá o que serei afinal!"

A saudade não se finda,
A dor continuará doendo,
"Amanhã lem…