quarta-feira, 12 de março de 2008

POR QUE MEU DEUS, POR QUÊ?

Por que tanto sofrimento?
Por que tanta violência?
Por que tantos sonhos jogados no vento?
Por que tanta indecência?

Tem filho a mãe matando,
Sem amor ou piedade,
Tantas crianças chorando,
Sem paz e felicidade.

Alguns matam-se, mas por quê?
Vivem uma vida desgraçada,
E onde muitos não tem o que comer,
Há quem não faça nada.

Há tantas mortes,
Tanta desilusão,
Será que devo lançar sortes,
Ou seguir meu coração?

Onde está a esperança?
Onde está o amor?
Tantos sonhos de Criança,
Que se torna em mágoas e dor.

Meu Deus, por quê?
Dessa gente tem dó,
Nós queremos viver,
Em um mundo bem melhor,
Só o Senhor é quem pode nos socorrer,
E nos mostrar que não estamos só.

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

2 comentários:

Anônimo disse...

oi oziel eu amei seu blog vc ta de prabens!!!vc conheçe o Baby Anderson eu sou a irmã dele!!parabens mesmo amei tudo isso

bjão!!!!!

Anônimo disse...

Por que tanto sofrimento?
Por que tanta violência?
Por que tantos sonhos jogados no vento?
Por que tanta indecência?

Tem filho a mãe matando,
Sem amor ou piedade,
Tantas crianças chorando,
Sem paz e felicidade.

Alguns matam-se, mas por quê?
Vivem uma vida desgraçada,
E onde muitos não tem o que comer,
Há quem não faça nada.

Há tantas mortes,
Tanta desilusão,
Será que devo lançar sortes,
Ou seguir meu coração?

Onde está a esperança?
Onde está o amor?
Tantos sonhos de Criança,
Que se torna em mágoas e dor.

Meu Deus, por quê?
Dessa gente tem dó,
Nós queremos viver,
Em um mundo bem melhor,
Só o Senhor é quem pode nos socorrer,
E nos mostrar que não estamos só

eu amei esse da ai!!!parabens!