terça-feira, 5 de maio de 2009

UM NOVO DIA...(Acróstico - PROERD)

Poderia eu escolher outro caminho?
Receber as flores e devolver espinhos?
Ouvir apenas e nada cumprir?
Entender o problema e assim mesmo se ferir?
Reconheço que não, eu não poderia,
Decepcionar quem me deu a mão e me fez ver o nascer de um novo dia...

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

Um comentário:

joanice disse...

Parabens pela produçao muito bonita