segunda-feira, 15 de agosto de 2011

SILÊNCIO...


As vezes não tenho palavras,
As que tenho estão engasgadas,
Sei que sairão um dia,
Mais nada...

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

Um comentário:

Anônimo disse...

É por elas estarem engasgadas que por aqui estava sem atualizações?
Júlia B.