quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

QUEM SABE EU JÁ ME ARREPENDI...

Quem sabe estamos de mãos dadas com a perdição,
Quem sabe estamos abraçando a pessoa errada,
Quem sabe estamos beijamos a bocada ilusão,
Quem sabe vivemos uma mentira mascarada.

Esses sorrisos são de verdade?
E todas essas tantas promessas?
Até te ouço falar de saudades,
E nunca esqueço das nossas milhares de conversas.

Mas, pare e pense um pouco,
Quem sabe um de nós não está só fingindo,
Ou somos os dois doentes e loucos,
Quem sabe só é de verdade pra quem está nos assistindo.

Quem sabe eu estou vivendo uma mentira,
Daquelas que todo mundo vê,
E que um dia vai me causa tanta ira,
Ou  me dar uma vontade de morrer.

Quem sabe essas fotos são forçadas,
Quem sabe é só aparência também,
Quem  sabe é tudo, tudo de faixada,
Quem sabe só sou mais um alguém.

Quem sabe só eu me entreguei,
Quem sabe só eu perdi,
Quem sabe me arrependerei,
Quem sabe eu já me arrependi...

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

Nenhum comentário: