terça-feira, 7 de agosto de 2012

SEM CHÃO...

No meu peito a dor e a ingratidão,
No seu sorriso, o medo, esperança, gratidão.

Naquele dia, era apenas um dia,
Naquele momento, a vida? Seguia.

Estava sozinho e só,
Atravessou meu caminho, estou melhor!

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

2 comentários:

Ivanilde Lima disse...

MARAVILHA, SOU SUA FÃ GRANDE POETA.

Nal pontes disse...

Oziel, acabei de encontrar seu blog na nete e tmb acabei de criar um blog e por coincidência, o nome que escolhi foi pedaços de mim q vou contar em versos um pouco de minha historia e tmb poesias para celebrar e cantar o meu amor a Deus. Outra coincidência é q Oziel é o nome de um dos meus irmãos. E ainda gosto de fazer poesias é claro não tão bem como vc. Que está de parabéns pelas linda poesias q já li. Espero q continue pois percebi q faz algum tempo q não bloga aqui. Não é? Tmb tenho um blog Jesus meu porto seguro. Espero sua visita vai ser um prazer receber sua visita e ter vc entre meus amigos virtuais. Deus te abençoe! Parabéns pelo blog. Estou te seguindo para não perder de vista.