sábado, 11 de julho de 2015

SE EU MORRESSE HOJE...


Se eu morresse hoje, eu teria menos chance do que já tive ontem, do que já tive sempre.
Se eu morresse hoje haveriam mil motivos para chorarem ao meu lado.
Mil palavras que nunca ouvirei serem pronunciadas.
Haveriam mil perguntas, só não sei se mil respostas.
Mil abraços. Mil silêncios.
Mil lágrimas tomariam o lugar de mil sorrisos que ainda espero ver.
Mil flores tomariam o lugar de apenas uma rosa que poderia ser plantada no meu jardim.
Mil adeus para quem não mais ouve um "bem vindo".
De mil em mil se somaria em nada, ou só mais um.
Mais uma história. Mais um fim. Um peregrino. Um louco.
Talvez um sábio. Com certeza um mendigo. Um vagabundo. Pó e cinza.
Se eu morresse hoje o seria o mesmo, por que sempre o foi.
O maldito mundo de crianças sem pai, mãe, oportunidade, vida.
Esse mundo continuaria existe da mesma forma que hoje.
O mesmo hoje no qual eu poderia ter morrido...

Autor: Oziel Soares de Albuquerque
www.ozielpoeta.blogspot.com/

Um comentário:

Anônimo disse...

bom, não sei o que aconteceria se neste mundo não existisse
você e suas palavras. talvez poderia ser o mesmo
sem mais ou sem menos. porem pessoas que lhe conhece hj sentiria
falta de poder conhecer alguém como vc. palavras de reflexão são as suas.
sucesso. e EXCELENTE a postagem.

up: Aluna. L.B